segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Em casa.......


MEU BICHINHO É UM VIRA-LATAS




Essa é a MALÚ. A kiança pukaria da nossa casa.
Bichinhos sem raça definida são gratos por ganharem um novo lar!
Em casa só entra Vira-latas:

1. É mais fácil de cuidar
Também conhecido como "sem raça definida" (ou pela sigla SRD), o vira-lata geralmente não precisa ser escovado todos os dias nem necessita de tosa. Além disso, pode tomar banho tranquilamente uma vez por mês. E, se for gato, nem precisa de banhos frequentes, já que se limpa com a língua.
2. Solta menos pelo
Como ele quase sempre tem pelagem curta, não enche móveis e roupas de pelos. É por isso também que raramente deixa a casa com cheiro de "cachorro molhado"!
3. Não custa nada
Comprar um cão ou gato de raça custa entre R$ 200 e R$ 3.000, dependendo da espécie. Já um vira-lata não custa nada para ser adquirido.
4. Não causa estragos
Filhotes são fofíssimos, mas todo mundo sabe que, até os 8 meses, eles parecem uns pequenos furacões peludos que deixam um rastro de móveis arranhados, chinelos roídos e almofadas mastigadas. Se você quer um cão e não tem paciência ou tempo para esperar essa fase passar, dificilmente encontrará à venda um animal adulto de raça. Mas vira-lata adulto é o que não falta nos abrigos. Uma pena que justamente eles tenham mais dificuldade em conseguir um dono...
5. Tem mais resistência a doenças
Segundo o biólogo Sérgio Greif, bichos de raça possuem pouca variedade genética. É por isso que de um casal de poodles só nascem poodles. Essa falta de diversidade favorece o aparecimento das doenças hereditárias típicas de cada raça: só nos cães, há mais de 500 doenças genéticas conhecidas relacionadas às raças. "Vira-latas possuem uma variedade genética maior, o que os torna mais resistentes a doenças", explica Greif. Se um rottweiler e um vira-lata entrarem em contato com o vírus da parvovirose, por exemplo, o primeiro desenvolverá a doença com muito mais facilidade do que o segundo.
6. Demonstra gratidão
Como já sofreu muito vivendo na rua ou em abrigos junto com vários outros animais, um cão ou gato sem raça definida costuma ser bem amoroso com a nova família.
7. Adapta-se ao novo lar rapidamente
Depois de passar por tantos lugares (inclusive por não ter lugar nenhum para morar!), um vira-lata se torna o bicho mais adaptável do mundo. Rapidinho ele perceberá o que pode ou não fazer na sua casa. Já o mito de que animais com mais de 1 ano não se adaptam numa nova casa não passa de mito mesmo. 

AQUI TEM UM BANDO DE LOUCOS, LOUCOS POR TÍ CORINTHIANS



NOSSA FILOSOFIA DE VIDA

Minha mãe Marjori, meu pai João Batista e minha irmão Juliana


Minha Iniciação na Ordem Internacional do Arco-Iris para Meninas.
(Cêla, meu pai, Eu e minha Tia e Madrinha 2 vezes Julinha) 

8 comentários:

  1. oie gabi
    meu nome e gabi tambem, sou de mg, vc e parecida comiguu, bem parecida...e eu tenho o mesmo problema q vc, tb vou ter q operar...tenho 11 anos...eu q te chamei para ser minha amiga no msn !!!ok??
    xauu
    ate mais

    ResponderExcluir
  2. OLA GABI,
    TENHO UMA FILHA QUE COMEÇOU A USAR O COLETE, E ESTA UM POUCO ENVERGONHADA, ELA TEM 12 ANOS,
    GOSTARIA MUITO DE AJUDAR NESTE MOMENTO, SE EU PUDESSE USARIA EM SEU LUGAR, MAS SEMPRE DIGO DEUS NAO DA UMA CARGA MAIOR DO QUE PODES CARREGAR. TOMARA QUE ELA FIQUE BEM.
    CIENE ( MAE DA BIANCA)

    ResponderExcluir
  3. Ola Gabi , meu nome é Mariana :D
    Eu me indentifiquei muito com você temos o mesmo problema a mesma idade 15 anos neh ?
    Moro em Vitoria da Conquista Bahia , me manda teu msn ai , sempre quis conhecer alguem que ja usou o colete que eu comecei a usar ontem , tenho MIL perguntas pra te fazer .
    Beijos ;**

    ResponderExcluir
  4. Ou então me add marianabraga2@gotmail.com ...
    e orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile .

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Oi Gabi, primeiramente quero parabenizar você e sua família pela força e otimismo com que enfretaram sua situação. É isso mesmo. Por mais que o colete seja uma coisa difícil de de usar, existem doenças mais graves e que não tem recursos. Tenho uma filha de 13 anos que apresentou um pequeno problema de escoliose e um médico indicou colete, ao passo que outros dois afirmam não ser necessário. Gostaria que vocês me indicassem o nome do médico que acharam mais competente e consciencioso para que eu colha uma quarta opinião. Agradeço antecipadamente. Que Deus continue te iluminando e serás sempre feliz.

    ResponderExcluir
  7. oii gabi meu nome é yasmine tenhu 14 anos moro em franca no interior de SP.Eu me identifiquei muito com vc,pois ja passei por muitos medicos diferentes que disem cada um uma coisa. Tenhu uma fratura na cabeça do femour já fais 2 anos e fis uma cirurgia fais 5 messes, mas agora descobri que tambem tenhu escoliose e vou ter que usar colete alem diso eu ja ando de muleta e faso fisoterapia a muito tempo. Eu estou um pouco triste pela noticia e com muita vergonha mas agora vi que isso naum é nada comparado a outros problemas e queria te dar parabens a vc e aos seus pais pela sua força de vontade e te desejar melhoras no seu tratamento
    um bjão e td de bom

    ResponderExcluir
  8. ola gabi.eu a graziela tenho13anos moroem jequie BAa cquize dias descobrir que tenho escoliose, fique muito triste porque aqui na ba quase niquem usa fique tambem com a reasao dos meus colegas de sala. meu medico e o dr. jorje ele que fi quem passou minha mae ficou muito preucupada,ai eu foi ver na internet ver como rea esse colete,descobrir voçe.a sua historia de vida mim deu muita folsa para comtinua,brigado por ter pesoas como vc.vc mim deixou muito em semtivada,sei que vou tre a poio dos meus pai e dos meus amigos de verdade e da minha familia beijos trmino triste mais fazer o que se tem que usar ne beijosssssss

    ResponderExcluir